2.ª convocação para o Panamericano Juvenil (clique aqui)

1.ª CONVOCAÇÃO PARA PANAMERICANO JUVENIL

Brasília, 15 de abril de 2013

Conforme e-mail recebido hoje, o prazo de inscrição para o PABCON JUVENIL se encerrou no dia 1 de abril. Perguntaram se o Brasil ainda irá participar (sem data definida para nova inscrição). Face o exposto, o Diretor Técnico interino da Confederação Brasileira de Boliche - CBBol, no uso de suas atribuições estatutárias e conforme regra* publicada no dia 2 de janeiro de 2013, CONVOCA os seguintes atletas para representarem o Brasil no Campeonato Juvenil Panamericano 2013 Sub-16 e Sub-20, a ser disputado em Ponce, Porto Rico, de 6 a 13 de julho do corrente:

*Seleções com até 5 atletas: 1 vaga técnica e as demais vagas seguindo o ranking nacional. Em caso de desistência(s), a(s) vaga(s) será(ão) suprida(s) pelo(s) mesmo(s) critério(s) da(s) vaga(s) ocupada(s) pelo(a)(s) atleta(s) desistente(s).

Seleção Masculina Sub-23

·         1º Ranking Brasileiro Sub-20: THIAGO FELICETTI
·         2º Ranking Brasileiro Sub-20: MARCOS MIYAMOTO
·         3º Ranking Brasileiro Sub-20: BRUNO COSTA
·         Vaga Técnica: BERNARDO ABREU

Para as demais seleções – Masculina Sub-16, Feminina Sub-20 e Feminina Sub-16, ficam automaticamente abertas as vagas para quaisquer interessados, respeitando-se o critério de ordem de inscrição.

Lembrando a todos que serão dados 10 dias para que os primeiros convocados confirmem sua participação. Expirado esse prazo, e devido ao atraso nas inscrições, as vagas remanescentes serão abertas a todos os atletas habilitados, respeitando-se o critério de ordem de inscrição.

Na segunda convocação, os atletas que foram chamados em primeira convocação  ainda poderão confirmar sua presença, desde que a vaga continue existindo, estando cientes os atletas que, exceto na primeira convocação, as vagas serão preenchidas por ordem de confirmação pelos atletas já convocados em algum dos editais de convocação, e que ainda não tenham confirmado.

Após confirmada sua participação, todo atleta que desistir de jogar o torneio deverá encaminhar à Diretoria Técnica, justificativa para a desistência (acompanhada de atestado médico, se for o caso).  Caso a justificativa não seja aceita, o atleta ficará impedido de jogar qualquer torneio internacional por 6 (seis) meses, ou 1 (um) ano, caso não haja eventos internacionais ocorrendo durante os primeiros 6 meses de punição.

Fabio Grossi
Diretor Técnico da CBBol (interino)