XXXII CAMPEONATO BRASILEIRO DE SELEÇÕES
XXIV TAÇA BRASIL DE SELEÇÕES
IX TAÇA BRASIL DE EQUIPES
15 a 18 de novembro de 2012


RESULTADOS

XXXII CAMPEONATO BRASILEIRO DE SELEÇÕES
Belo Horizonte - MG
> MAPA FINAL DE PONTOS
> FASE INDIVIDUAL

> FASE DUPLAS
> FASE TERCETOS
> FASE EQUIPES
> ALL EVENTS - MASCULINO
> ALL EVENTS - FEMININO

XXIV TAÇA BRASIL DE SELEÇÕES
Rio de Janeiro - RJ
> CLASSIFICAÇÃO

> FASE INDIVIDUAL
>
FASE DUPLAS
> FASE TERCETOS
> FASE QUINTETOS
> ALL EVENTS

IX TAÇA BRASIL DE EQUIPES
Rio de Janeiro - RJ
> CLASSIFICAÇÃO
> FASE INDIVIDUAL
> FASE DUPLAS
> FASE TERCETOS 1

> FASE TERCETOS 2
> ALL EVENTS


REGULAMENTO

Das Datas

Os eventos serão realizados no período de 15 a 18 de novembro de 2012, nas dependências do Boliche Del Rey, sede principal, em Belo Horizonte e, no Norte Shopping, subsede no Rio de Janeiro.

A data limite para as Federações efetuarem as inscrições, pagamento e confirmação dos nomes dos atletas, é o dia 5 de novembro de 2012 após essa data, qualquer solicitação de inscrição estará sujeita a disponibilidade de vagas.

Em Belo Horizonte será disputado o Brasileiro de Seleções masculino e feminino, limitado a nove seleções masculinas e quatro femininas. Os demais eventos serão realizados no Rio de Janeiro, limitado a sete seleções masculinas na Taça Brasil e 10 equipes na Taça Brasil de Equipes.

As inscrições deverão ser encaminhadas pelas Federações de cada Estado para o Luiz Afonso, luiz@novaengenhariadf.com.br.

 Do Valor das Inscrições

Será de R$ 255,00 (duzentos e cinquenta e cinco reais) o valor da inscrição por atleta em Belo Horizonte e de R$ 245,00 (duzentos e quarenta e cinco reais) o valor da inscrição por atleta no Rio de Janeiro.

Confederação Brasileira de Boliche

Banco de Brasília - 070

Agência: 0040

Conta: 010137-8

CNPJ:86.961.356/0001-07

Os comprovantes de pagamento deverão ser enviados para Luiz Afonso, por e-mail, luiz@novaengenhariadf.com.br ou para o Fax: (61) 3465-2388. As Federações que não efetuarem o pagamento na data estabelecida terão suas inscrições desconsideradas.

Do Campeonato

a) Será disputado em seis modalidades (desde que haja inscrições suficientes, no mínimo 4 times): Seleções adultas masculinas e femininas, Seleções juvenis masculinas e femininas, Taça Brasil de Seleções masculinas e femininas;

b) Também será disputada, paralelamente, a Taça Brasil de Equipes, os quais poderão ser formados por atletas de Federações diferentes e até mesmo por jogadores avulsos;

c) As equipes masculinas do Brasileiro de Seleções e Taça Brasil de Seleções, serão formadas por seis atletas cada e jogam as fases: individual, duplas, tercetos e quintetos. As equipes femininas do Brasileiro de Seleções e Taça Brasil de Seleções, serão formadas por quatro atletas cada e jogam as fases: individual, duplas, tercetos e quarteto As equipes do Brasileiro de Seleções Juvenil e Taça Brasil de Equipes serão formadas por 3 atletas, e jogam as fases: individual, duplas e terceto (12 linhas);

d) Na fase de quintetos do Brasileiro de Seleções e Taça Brasil de Seleções masculinas e, na fase de duplas do Brasileiro de Seleções Juvenil e Taça Brasil de Equipes, não serão computados, por partida, os piores resultados obtidos pelos jogadores de cada equipe;

e) Um Estado só poderá jogar a Taça Brasil de Seleções Masculina se também participar do Campeonato Brasileiro de Seleções Masculinas. As exceções são: federação nova convidada pela CBBOL para participar somente da Taça Brasil, indisponibilidade de pistas no Brasileiro de Seleções ou, por critério técnico da CBBOL;

f) Da mesma forma, uma federação que não esteja participando das competições principais, Brasileiro de Seleções e Taça Brasil de Seleções, não poderá inscrever equipes que permitiriam a mesma participar do evento principal;

g) Patrocínios individuais de atletas somente serão permitidos se não descaracterizarem o uniforme, a critério do Diretor Técnico;

h) Cada fase, no Brasileiro de Seleções e Taça Brasil de Seleções masculino, será disputada em seis partidas, com três atletas por pista. Na fase individual, deverão ser escalados pela organização até dois atletas de uma mesma Federação em um mesmo par de pistas. Na fase de duplas, um par de pistas deverá ter três duplas de estados diferentes, se possível. Na fase de tercetos, dois tercetos de estados diferentes no par. Na fase de quintetos, cada Federação ocupará um par de pistas. Nas competições de equipes de três atletas, cada equipe ocupará uma pista;

i) Cada fase, no Brasileiro de Seleções e Taça Brasil de Seleções feminino, será disputada em seis partidas, com duas atletas por pista. Na fase individual, deverão ser escalados pela organização até duas atletas de uma mesma Federação em um mesmo par de pistas. Na fase de duplas, um par de pistas deverá ter duas duplas de estados diferentes, se possível. Na fase de tercetos e quartetos, cada Federação ocupará um par de pistas;

j) A Taça Brasil de Equipes será jogada separadamente dos demais eventos, ocupando o restante de pistas disponíveis do boliche, com três atletas por pista;

k) Em cada competição serão premiados os atletas que fizerem as melhores partidas e as melhores séries, além da premiação dos cinco melhores do all-events;

l) Será declarada campeã a Federação que, em cada competição conseguir o maior número de pontos ganhos segundo a tabela abaixo. As três primeiras colocadas receberão premiação;

m) Substituições de atletas deverão seguir a regra 402 da FIQ;

n) Para efeito de pontuação, os empatados em cada fase dividirão os pontos previstos na tabela. Eventuais empates na pontuação final por Federação será decidida pelo total de pinos derrubados da Federação ao final do evento;

o) nenhum atleta poderá jogar em duas divisões ou categorias distintas do evento;

p) As Federações poderão inscrever mais de uma equipe juvenil (masculina ou feminina) no Campeonato Brasileiro de Seleções Juvenis. Caso tenhamos 4 ou mais Federações nessa situação, será criada a Taça Brasil de Seleções Juvenis, com premiação separada. Caso tenhamos menos de 4, todas as equipes inscritas disputarão o mesmo evento.

q) Tabela de pontuação das fases dos eventos (o all-events é individual):

EVENTO

1.º

2.º

3.º

4.º

5.º

6.º

7.º

8.º

9.º

10.º

Individual

60

42

30

20

14

10

7

4

2

1

Duplas

120

84

60

40

28

20

14

8

4

2

Tercetos

180

126

90

60

42

30

21

12

6

3

Quartetos

240

168

120

80

56

40

28

16

8

4

Quintetos

300

210

150

100

70

50

35

20

10

5

All-events

120

84

60

40

28

20

14

8

4

2

 r) Cada Federação receberá por parte da organização uma pasta com a qual poderá acompanhar o evento completo. O responsável pela Federação deverá fornecer a organização os nomes de seus atletas nas fichas de posicionamento de cada fase, logo após o término da fase anterior.

O posicionamento dos atletas na Fase Individual deverá ser entregue a organização, no máximo 1 hora após o sorteio da numeração das Federações, em formulário próprio. Caso não seja entregue, ficará a cargo da organização o posicionamento dos atletas;

s) Cada Federação deverá indicar um capitão, para que o mesmo, e tão somente o mesmo, possa ter acesso à organização para coletar os diversos resultados e sanar quaisquer dúvidas. Solicita-se que os capitães informem os seus atletas no sentido de respeitarem o Regulamento em todos os seus itens, e que quaisquer dúvidas que os mesmos possam ter sobre o evento, que solicitem informações através de seu capitão;

t) Cada Federação poderá inscrever atletas como reservas, podendo a mesma fazer substituições antes do início de cada fase. O atleta que for substituído não poderá mais jogar o evento.

Do Uniforme

É obrigatório o uso de camisas iguais e preferencialmente, alusivas ao esporte.

O uso de bermudas só será liberado pela CBBOL se for constatado um calor excessivo nas dependências do boliche. As mulheres podem optar por calça comprida, saia ou bermuda.

Da Bebida e Do Cigarro

A - Está proibido o consumo de bebidas alcoólicas por parte dos atletas durante as partidas e seus intervalos.

B - Nenhum atleta poderá fumar em qualquer área do Boliche que não seja previamente determinada – inclusive banheiros.

C - O consumo de bebida alcoólica somente será permitido após a competição e fora da área de jogo, e desde que o atleta não esteja uniformizado.

D - Comidas. Não será permitido o consumo de comidas na área de jogo.

E - Haverá fiscalização por parte da CBBOL nestes itens, lembrando que os infratores serão advertidos pela CBBOL conforme rege a NORMABOL.

(lembramos que pela NORMABOL, e pela FIQ, o uso de bebidas alcoólicas e outras drogas nem precisavam vir nos regulamentos, é inerente a prática do esporte a não permissão):

Do Uso de Pós e Substâncias Indevidas

Será proibido o uso de Grip’s, Slide’s e/ou outras substâncias do tipo, junto ao retorno de bolas. Para que desta forma evite-se que outros atletas tenham seus arremessos e concentração prejudicados na área de jogo.

Os Grip’s colocados sobre os monitores de vídeo das pistas, poderão danificá-los, solicitamos, portanto, que sejam colocados nas mesas junto às cadeiras.

Do Ajustes nas Superfícies das Bolas

Ajustes na superfície das bolas feitos a mão com abralon, scotch brite, produtos de polimentos e limpeza constante da lista de produtos aprovados pela WTBA será permitido entre partidas desde que sejam feitos fora da área de jogo e que não atrase a próxima jogada do jogador. 

O uso de lixas não é permitido bem como o uso  de outros materiais listados  no site www.worldtenpinbowling.com , seção Products Containing Solids or Abrasives.

Mudanças na superfície das bolas diferentes da mencionada no item acima, poderão ser feitas durante o bate bola dentro da área de jogo.

Do Jogo Lento

A - Durante um jogo, deverá ser respeitada apenas uma pista de cada lado do jogador. Caso dois jogadores estejam preparados para subir no "Approach" ao mesmo tempo, o da direita terá a preferência;

B - O atleta deve cuidar para manter o ritmo de jogo, não demorando demais na sua vez de jogar nem no “Approach", em sua preparação para o arremesso.

Das Penalidades e Comissão Disciplinar

A não observância de um atleta a qualquer dos itens do presente Regulamento ou Código Brasileiro de Justiça Desportiva e regras FIQ, quando aplicável, implicará em perda de Frames, dos pontos da partida e, até mesmo, a sua exclusão da competição, a critério do Delegado da CBBOL ou da Comissão Disciplinar. A insistência na falta implicará no registro da mesma no seu currículo. Este registro servirá de base para futuras ações da CBBOL relativas a esse atleta, no que disser respeito a convocações, prêmios, viagens, regalias, cobranças, etc.

A Comissão Disciplinar será nomeada pela Diretoria da CBBOL, e seus membros anunciados em dia anterior ao inicio dos jogos.

Condicionamento

A definir.

Da Organização

A organização do evento ficará a cargo da diretoria da CBBOL com o apoio da Federação Mineira de Boliche – FMBOL e Federação de Boliche do Rio de Janeiro – FBRJ.

Das Rodadas

Boliche Del Rey

Brasileiro de Seleções Masculino
1.ª Rodada
 - Quinta-Feira - 15 de novembro - 8h
2.ª Rodada - Sexta-Feira - 16 de novembro - 8h
3.ª Rodada - Sábado - 17 de novembro - 8h
4.ª Rodada - Domingo - 18 de novembro - 8h

Boliche Del Rey

Brasileiro de Seleções Feminino
1.ª Rodada
 - Quinta-Feira - 15 de novembro - 14h
2.ª Rodada - Sexta-Feira - 16 de novembro - 14h
3.ª Rodada - Sábado - 17 de novembro - 14h
4.ª Rodada - Domingo - 18 de novembro - 14h

Norte Shopping

Taça Brasil de Seleções, Brasileiro de Seleções Juvenil e Taça Brasil de Equipes
1.ª Rodada
 - Quinta-Feira - 15 de novembro - 8h
2.ª Rodada - Sexta-Feira - 16 de novembro - 8h
3.ª Rodada - Sábado - 17 de novembro - 8h
4.ª Rodada - Domingo - 18 de novembro - 8h

Disposições Finais

O presente regulamento seguirá as normas emanadas dos órgãos superiores brasileiros e FIQ (Federação Internacional de Boliche).

Os casos omissos ao presente regulamento e ao evento serão resolvidos pela diretoria da CBBOL.

Sete Lagoas, 4 de outubro de 2012.